Yared anuncia conclusão de restauro em patrimônios públicos de Antonina

por Redação JB Litoral
21/08/2019 15:08 (Última atualização: 24/02/2020)

Há quatro anos, o programa do governo federal PAC Cidades Históricas sofreu um corte de investimentos. Com o contingenciamento, Antonina e seus patrimônios deixariam de ser atendidos. Preocupada com a situação, a deputada federal Christiane Yared (PL/PR) trabalhou para liberar recursos para o restauro das construções, sendo a única parlamentar a conseguir destinar a verba necessária. Nesta terça-feira (20), ao lado da presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Kátia Bogea, a deputada anunciou a previsão para a conclusão de três obras, que devem acontecer até dezembro deste ano. Yared ainda comunico o destino de mais R$ 1,5 milhões em investimentos para o patrimônio histórico de Antonina.

“Fico tão feliz em poder ajudar a preservar a história dessa cidade tão importante para o Paraná. Terra de tantos acontecimentos, patrimônio do nosso estado. Minha preocupação com Antonina começou lá trás e seguirá para sempre. Ela está no meu coração e mente”, pontuou.

O valor total de R$ 16 milhões foi de extrema importância para o restauro do Armazém Macedo, Igreja Bom Jesus do Saivá e Estação Ferroviária. Sem o recurso destinado pela parlamentar, as construções seguiriam sofrendo a ação do tempo. A previsão é que a entrega das obras aconteça até o fim deste ano.

Yared ainda destacou a participação dos ex-prefeitos de Antonina, assim como atual, para a realização das obras no PAC Cidades Históricas. O trabalho da equipe do Iphan-PR, principalmente do então superintendente do instituto, José La Pastina, também foi mencionado.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

“Lembrar é reconhecer. Todas essas figuras foram essenciais para a preservações da história do município. Não podemos deixar de destacar Kleber Fonseca, que em 2006, solicitou a inserção da cidade junto ao Programa Monumenta, que tratava de restauro do patrimônio histórico. Já na gestão de Canduca ocorreu o tombamento das construções. O ingresso ao PAC Cidades Históricas aconteceu na administração de Domero. E Zé Paulo que ajudou na sequência dos trabalhos. Um esforço conjunto em prol da nossa querida Antonina”, concluiu.

Fonte: Assessoria de Comunicação

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments