Policial

MATINHOS – STJ confirma condenação de acusado pelo crime do “Morro do Boi”

Por Redação JB Litoral
09/10/2014 17:24 |
Atualizado em 17:24

O Superior Tribunal de Justiça (STJ), em Brasília, confirmou a condenação de Juarez Ferreira Pinto à pena de 65 anos e cinco meses de reclusão, em regime fechado, pela prática de latrocínio consumado e tentado e atentado violento ao pudor. Os crimes, que ganharam grande repercussão à época, foram praticados contra o estudante Osíris Del Corso, que morreu, e contra Monik Pergorari de Lima, que ficou paraplégica. Os dois, que eram namorados, foram atacados quando passeavam por uma trilha no Morro do Boi, em Matinhos (Litoral do Estado), em 31 de janeiro de 2009.

A denúncia contra Juarez Ferreira Pinto foi feita pela Promotoria de Justiça de Matinhos. Ele já havia sido condenado pela Justiça Estadual a 34 de prisão pelo latrocínio contra Osíris, 22 anos e a oito meses por roubo qualificado e lesão corporal grave contra Monik, além de mais oito anos e nove meses por atentando violento ao pudor, também contra a jovem. Com a sentença do STJ, a condenação foi confirmada definitivamente.