Projeto de instalação de bueiros inteligentes, que armazenam o lixo, deve ser analisado por prefeito de Paranaguá


Por Luiza Rampelotti Publicado 02/05/2022 às 16h14 Atualizado 17/02/2024 às 07h33

Os vereadores Isabelle Dias (PSB) e Welington Frandji (Podemos) apresentaram, na Câmara de Paranaguá, uma ideia que visa solucionar o conhecido problema de alagamento nas ruas da cidade. Eles pretendem substituir os bueiros existentes, de forma gradativa, por outros mais modernos, capazes de armazenar os resíduos sólidos jogados nas vias públicas, impedindo que eles se acumulem no interior da rede de drenagem.

O Projeto de Lei (PL) 5.777/2021, que dispõe sobre a implantação de “bueiro inteligente” como forma de prevenção de enchentes e alagamentos, já foi aprovado pela Câmara de Vereadores e, agora, aguarda análise do prefeito Marcelo Roque (Podemos) para passar a valer.

Como funciona? Na prática, deve ser implementado um sistema de “bueiro com caixa coletora” composto por duas partes: um cesto em material termoplástico, com furos semelhantes a um filtro; e um suporte a ser instalado para alojar o respectivo cesto no interior dos bueiros, logo abaixo da boca de lobo.

Cada cesto, com capacidade mínima de 300 litros, deve agir como peneira impedindo o fluxo de rejeitos e resíduos sólidos nas galerias pluviais. Desta forma, todos os bueiros da cidade devem ser modernizados ao longo do tempo, seguindo uma ordem de prioridade.

Para adquirir os novos bueiros, a prefeitura deve realizar um procedimento licitatório.

Prioridade de instalação: Em 1º lugar, os bueiros inteligentes devem ser instalados em locais com problemas recorrentes de inundações; depois, em locais com recorrente necessidade de desobstrução e limpeza; em seguida, áreas com grande circulação de veículos e pedestres e, por fim, nas demais localidades.

Conforme os cestos forem ficando cheios, eles devem ser coletados para a limpeza e os resíduos presentes recolhidos e encaminhados para reciclagem.

O PL também determina que os novos loteamentos e as novas áreas urbanizadas da cidade sejam obrigados a implementarem os bueiros ecológicos.

Vários benefícios


De acordo com a vereadora Isabelle Dias, a ideia é uma excelente alternativa ecológica e sustentável que permitirá uma maior praticidade e eficiência na limpeza dos bueiros. “Isso contribuirá tanto na prevenção de enchentes, alagamentos, quanto combatendo o acúmulo de lixos que são levados pelas águas das chuvas e acabam ocasionando entupimento”, comenta.

O vereador Welington Frandji também destaca que a mudança para os bueiros inteligentes irá dificultar a proliferação de roedores, insetos e outros animais peçonhentos. “Por meio deste PL, buscamos atender a necessidade do município em adotar medidas mitigadoras de degradação ambiental e, consequentemente, impactar na melhoria e preservação da nossa cidade. Além disso, a medida também é um potencializador de segurança, pois evitará acidentes tanto em humanos como em animais”, completa.

Projeto de Lei é de autoria dos vereadores Isabelle e Welington. Foto: Câmara de Paranaguá