Turismo marítimo alavanca economia de Paranaguá: táxis náuticos e Ilha do Mel estão em destaque


Por Luiza Rampelotti Publicado 24/02/2024 às 01h14

Desde o início de dezembro do ano passado, uma onda de novidades tem movimentado as sextas-feiras em Paranaguá, e o responsável por esse tsunami é o MSC Lirica, que atraca no porto de Paranaguá, trazendo consigo uma maré de turistas ansiosos para explorar as belezas do litoral paranaense.

A expectativa do governo estadual é que ao longo das 13 sextas-feiras em que a embarcação atracará no porto, cerca de 40 mil passageiros passem pela cidade, injetando aproximadamente R$ 20 milhões na economia do Litoral. Essa visita semanal tem causado uma revolução nos serviços marítimos, especialmente nos táxis náuticos, que estão experimentando uma demanda nunca antes vista.

Rafael Pereira Galdino, empresário do ramo e marinheiro, destaca o impacto positivo. “Estamos testemunhando uma movimentação de turistas como nunca. A chegada dos navios abriu oportunidades significativas para todos que trabalham na esfera marítima, especialmente para os táxis náuticos. A demanda aumentou substancialmente, algo que nunca experimentamos“, conta ao JB Litoral.

O empresário Rafael Galdino conta que com a crescente demanda, táxis náuticos operam com 18 lanchas nas sextas-feiras; antes da chegada dos navios, operar com duas ou três lanchas em uma sexta-feira já era considerado notável. Foto: Rafael Pinheiro/JB Litoral
O empresário Rafael Galdino conta que com a crescente demanda, táxis náuticos operam com 18 lanchas nas sextas-feiras; antes da chegada dos navios, operar com duas ou três lanchas em uma sexta-feira já era considerado notável. Foto: Rafael Pinheiro/JB Litoral

Ilha do Mel: o destino mais procurado


O boom de público está sendo impulsionado pela Ilha do Mel, o destino mais procurado pelos passageiros em trânsito na cidade. “A maioria dos turistas que desce dos navios quer conhecer a Ilha do Mel, eles já vêm com essa intenção, já que a ilha é o segundo lugar mais visitado do Paraná. Isso movimentou muito o nosso turismo”, afirma o empresário.

Leonardo Gabriel Espejo Barbuio, morador de Brasília, aproveitou a parada do navio, na última sexta-feira (16), para explorar a cidade e a Ilha do Mel. Foto: Rafael Pinheiro/JB Litoral
Leonardo Gabriel Espejo Barbuio, morador de Brasília, aproveitou a parada do navio, na última sexta-feira (16), para explorar a cidade e a Ilha do Mel. Foto: Rafael Pinheiro/JB Litoral

Com a explosão da demanda, os táxis náuticos agora operam com cerca de 18 lanchas todas as sextas-feiras, que levam os turistas para conhecer a baía de Paranaguá, Ilha do Mel e Guaraqueçaba. O empresário destaca a mudança radical. “Antes da chegada dos navios, ter duas ou três lanchas em operação em uma sexta-feira era considerado expressivo”, revela.

Leonardo Gabriel Espejo Barbuio, morador de Brasília, aproveitou a parada do navio, na última sexta-feira (16), para explorar a cidade e a Ilha do Mel. Pela primeira vez no Litoral do Paraná, ele afirmou que está animado para conhecer os pontos turísticos.

A receptividade em Paranaguá tem sido excelente, e estamos ansiosos para explorar a Ilha do Mel. A cidade parece muito bem estruturada. Embora tenhamos perdido a oportunidade de fazer o passeio de Maria Fumaça devido a um pequeno atraso no navio, pretendo retornar para explorar com mais tempo os pontos turísticos, ilhas e outras cidades encantadoras da região“, disse ao JB Litoral.


Maioria de estrangeiros


A guia turística Jamily Lisboa, que está atuando no receptivo aos turistas, na Praça Mário Roque, confirma a preferência pela Ilha do Mel entre os visitantes. “Enquanto os navios chegam trazendo os turistas, estamos aqui, prontos para recepcionar e conduzir os visitantes, apresentando as belezas de Paranaguá, a encantadora Ilha do Mel, assim como outros destinos e ilhas da cidade. No entanto, é inegável que a Ilha do Mel é a grande protagonista”, comenta.

Ela destaca que os visitantes que chegam são, em sua maioria, estrangeiros, com presença destacada de chilenos, uruguaios e argentinos, mas também brasileiros de diversos estados. “Nunca vi um movimento tão expressivo de turistas em Paranaguá. A receptividade tem sido bastante elogiada pelos visitantes, que apreciam a música, a animação da Cia dos Palhaços, além das opções de pacotes turísticos e produtos típicos que destacam a riqueza da nossa região”, afirma.

A guia turística Jamily Lisboa destaca que os visitantes que chegam são, em sua maioria, estrangeiros, com presença destacada de chilenos, uruguaios e argentinos. Foto: Rafael Pinheiro/JB Litoral
A guia turística Jamily Lisboa destaca que os visitantes que chegam são, em sua maioria, estrangeiros, com presença destacada de chilenos, uruguaios e argentinos. Foto: Rafael Pinheiro/JB Litoral

Oportunidade de aprendizado


O sucesso dessa temporada é visto como um aprendizado para o setor marítimo, que busca se preparar para atender ainda melhor os turistas nas próximas temporadas. O empresário Rafael Galdino ressalta que a temporada atual serviu como um valioso aprendizado, incentivando os empresários a aprimorarem e aperfeiçoarem os serviços para proporcionar uma experiência ainda melhor aos turistas nas próximas temporadas.

Para o futuro, planejamos intensificar nossa preparação, otimizar nossas lanchas para oferecer um atendimento mais qualificado e aprimorar nossas habilidades linguísticas, principalmente em espanhol, onde identificamos desafios. É uma jornada de aprendizado constante, especialmente considerando que o turismo em Paranaguá ainda está engatinhando, mas com um potencial grandioso”, conclui Rafael.

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Turismo

Airbnb e Governo do Paraná se unem para apresentar novo roteiro turístico no Litoral


*Com informações da AEN Na última segunda-feira (22), o Governo do Paraná e a plataforma Airbnb lançaram uma iniciativa conjunta…


*Com informações da AEN Na última segunda-feira (22), o Governo do Paraná e a plataforma Airbnb lançaram uma iniciativa conjunta…