Equipe da UEL apresenta projeto sobre criação de estação de apoio aos turistas em Morretes


Por Gabriel Santos Publicado 23/06/2022 às 17h59 Atualizado 17/02/2024 às 11h12

A Universidade Estadual de Londrina (UEL) apresentou para a secretaria municipal de Turismo e Cultura de Morretes a viabilidade financeira do projeto-piloto Ponto Paraná. A iniciativa desenvolvida pelo programa Invest Paraná busca criar estações de apoio aos viajantes nas rodovias estaduais.

Nesses locais, a população encontrará informações sobre passeios turísticos, restaurantes, estabelecimentos comerciais que estão vendendo produtos da região e uma infraestrutura para atender os turistas. Segundo o projeto, a proposta visa construir um local onde possam ocorrer eventos culturais.

De acordo com a Universidade, a iniciativa ainda está em desenvolvimento no Estado, mas já é praticada na província japonesa de Hyogo. Além de Morretes, os municípios de São José dos Pinhais e Guarapuava participam do projeto-piloto.

No início do ano, uma equipe do Núcleo Interdisciplinar de Gestão Pública (Nigep) da instituição analisou as informações a respeito da cidade. A análise também trabalhou com uma pesquisa na qual foram entrevistadas mais de 300 pessoas acerca dos hábitos de consumo e dicas do que o setor turístico da região pode melhorar.

O professor da Nigep, Saulo Amâncio Vieira, enfatizou que o modelo de negócio precisa conversar com a comunidade a fim de mantê-lo em funcionamento. “Para nós é importante envolver os gestores locais para que, posteriormente à implantação das estações haja a sua sustentação”, comentou.

Com informações da AEN

Notícias

Maternidade Nossa Senhora dos Navegantes inaugura serviço de puericultura para bebês em Matinhos


A Maternidade Nossa Senhora dos Navegantes, em Matinhos, inaugurou, na última sexta-feira (5), o serviço de consultas de Puericultura para…


A Maternidade Nossa Senhora dos Navegantes, em Matinhos, inaugurou, na última sexta-feira (5), o serviço de consultas de Puericultura para…