Movimentação de cargas de frango congelado pelo Porto de Paranaguá gera mais de R$ 1 bi


Por Gabriel Santos Publicado 01/06/2022 às 16h18 Atualizado 17/02/2024 às 09h45

A exportação de carne de frango congelada, que sai do Terminal de Contêineres de Paranaguá (TCP), fechou o quadrimestre com mais de 6 toneladas exportadas para outros países, representando uma movimentação 8% maior do que no mesmo período de 2021. O produto representa 38% dos contêineres embarcados no terminal da TCP.

De acordo com o Ministério da Economia, todo fluxo proporcionado pelo comércio internacional gerou mais de R$ 1 bilhão. Em comparação ao ano passado, o montante gerado pelas operações comerciais envolvendo as aves de frango registrou R$ 700 milhões.

Segundo o órgão econômico, a China continua como o principal consumidor de frango exportado por intermédio do Porto de Paranaguá, em seguida estão Emirados Árabes Unidos, Japão, Arábia Saudita e México.

Segundo o diretor-presidente da Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia, Paranaguá dispõe do maior terminal da América Latina para receber as cargas refrigeradas. “No pátio, são 3.624 tomadas para a conexão de contêineres, inclusive, a movimentação de carnes e outros congelados é responsável por 80% da movimentação da ferrovia no local”, diz.

Já a exportação de carne bovina em contêineres pelo Porto de Paranaguá chegou a 65.054 toneladas no mesmo período. De carne suína foram 32 mil toneladas. O terminal paranaense é o 2º, entre os portos brasileiros, na exportação da carne de boi e o 3º no embarque da carne suína.

Com informações da AEN

Notícias

Maternidade Nossa Senhora dos Navegantes inaugura serviço de puericultura para bebês em Matinhos


A Maternidade Nossa Senhora dos Navegantes, em Matinhos, inaugurou, na última sexta-feira (5), o serviço de consultas de Puericultura para…


A Maternidade Nossa Senhora dos Navegantes, em Matinhos, inaugurou, na última sexta-feira (5), o serviço de consultas de Puericultura para…