Destaques

Plateia lotou o Teatro Rachel Costa para a final do 1º Festival de Música do Litoral

Por Redação JB Litoral
10/09/2014 19:09 |
Atualizado em 19:09

Paranaguá sediou, entre 5 e 7 de setembro, o I Festival de Música do Litoral (Femul), uma realização da Prefeitura Municipal, por meio da Fundação Municipal de Cultura (Fumcul). No domingo (7), em noite de gala, a plateia lotou o Teatro Rachel Costa para reassistir a apresentação dos 15 finalistas e conhecer, finalmente, os cinco talentosos músicos ou bandas que ganhariam o 1º Femul.

Veja a lista dos vencedores do 1º Festival de Música do Litoral:

1º Lugar: Baía de Meu Amor, autoria de Rafael Palotino e interpretação de Débora Tutschke, do grupo Boca de Fogo.
2º Lugar: Sou Artista Popular – autoria de André Marques e Rafael Palotino e interpretação de Wanderlem Silva.
3º Lugar: Êta Cidade Louca – Grupo Pior Que Dor de Dente (PQD) e autoria de Daniel Gioretta.

Melhor Intérprete – Leonardo Gomes – Canção: Conhecendo o Litoral. Banda Vibe Praieira.

Melhor Letra – Em Busca da Felicidade – Autor: Emannuel Vinicius, interpretação de Paulo Henrique.
Premiação

Os vencedores receberam um troféu especialmente produzido para o Femul pelos artesãos Marcos Piantá e Aurimar, ambos de Paranaguá. Os cinco vencedores ainda receberam premiação em dinheiro, na seguinte ordem: R$ 2.000,00 para o primeiro colocado; R$ 1.500,00 para o segundo e R$ 1.000,00 para o terceiro lugar. Melhor Intérprete e Melhor Letra receberam R$ 1.000,00 cada. A Canção Baía de Meu Amor, sagrada a grande vencedora do Femul, também terá um clipe em Full HD. Todas as 15 finalistas gravarão um CD registrando o 1 Femul.

Femul

Sexta – Na sexta-feira (5), apresentaram-se as primeiras 15 músicas semifinalistas do Femul. Folclore Tiei; Pé na Estrada; No Olho da Rua; Olhe Pra mim; Êta cidade louca; Todo amor; Sete Séculos; Gota de Orvalho; Cecy; Amor Sincero; Litoral; Correia; A Fila Anda; O Luau; O Poder da Palavra.

Sábado – Na segunda noite de festival, outras 15 semifinalistas animaram a plateia: Ameno; 40 Graus Litoral; Baia de Meu Amor; Cataia de Gaia; Chuva de Estrelas; Conhecendo o Litoral; Em Busca da Felicidade; Essencial; Eu Estou Pronto; Meu Pedaço; Meu Pedaço de Céu; Movimenta; O Seu Saber; Samba no Botequim; Será que ela Volta?; Sou Artista Popular.

Domingo – Após as apresentações de sexta e sábado, 15 músicas se reapresentarão na grande final. Com a casa cheia, a plateia conheceu os grandes vencedores. O Femul teve, ainda, uma homenagem especial para o baterista parnanguara Endrigo Bettega, considerado um dos melhores bateristas do mundo. As 15 canções apresentadas na final foram: 40 Graus Litoral; A Fila Anda; Baía de Meu Amor; Cataia de Gaia; Conhecendo o Litoral; Em Busca da Felicidade; Êta Cidade Louca; Eu Estou Pronto; Litoral; Meu Pedaço de Céu; O Luau; O Poder da Palavra; Samba no Botequim; Sete Séculos; Sou Artista Popular.

 

Organização

O primeiro Festival de Música do Litoral (Femul) é fruto do trabalho intenso de meses da equipe da Fundação Municipal de Cultura. Durante seu discurso de encerramento do Femul, a diretoria da Fumcul e diretora geral do Femul, Aurilene Barroso, ressaltou “que este trabalho consumiu a nossa equipe por meses. Tivemos, desde o princípio, todo o apoio do prefeito Edison Kersten e da nossa presidente, a Maria Angélica Lobo Leomil. Temos muitos talentos como os que vimos hoje e precisamos que esse trabalho de dar-lhes oportunidade continue”, salientou.

Obrigado pela presença de todos, que fizeram o 1º Femul ser todo esse sucesso. Podem esperar um trabalho parecido nas próximas edições”, finalizou.