Se não houver greve, veículos cadastrados terão licença cancelada, diz prefeitura

por Maisy Pires
12/01/2021 16:20 (Última atualização: 12/01/2021)

Foto: JB Litoral

A Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsu) de Paranaguá iniciou nesta terça-feira (12) o cadastramento de veículos (automóveis, vans, micro-ônibus, ônibus) particulares para serviços de transporte alternativo de passageiros.

Na tarde de hoje (12) a Semsu reforçou que o cadastramento de veículos alternativos para transporte de passageiros se deve por conta da possível greve dos condutores do transporte coletivo da Viação Rocio, marcada para iniciar na quinta-feira (14).

Prevendo o aumento da demanda de transporte de passageiros, a Semsu se planeja realizando um pré-cadastro que se limita ao tipo de veículo. Com relação à tarifa de R$ 3,70 por passageiro, deve-se ao valor que é cobrado pela empresa de transporte coletivo a população.

“O cadastramento é uma ação emergencial, devido a situação de greve que está prevista na Viação Rocio. Se houver, os veículos irão trabalhar para suprir a demanda que vai surgir por causa da ausência de ônibus. Os taxistas e motoristas do aplicativo Uber também poderão participar. Acabando a greve, iremos suspender e recolher as autorizações de trabalho”, informou o prefeito Marcelo Roque, por meio de nota, o jornalismo da emissora TVCI.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Além disso, caso não haja greve, os cadastros ficarão em um banco de dados da secretaria de Serviços Urbanos.

A Semsu explica que o cadastro é aberto para veículos de qualquer propriedade particular que se enquadrem nos critérios estabelecidos e que serão convocados numa eventual necessidade.

Com informações da PMP

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments