Servidores da rede de saúde privada começam a ser vacinados em Guaratuba

por Redação JB Litoral
02/02/2021 23:19 (Última atualização: 4 semanas atrás)

"A ideia é que, aos poucos, consigamos imunizar a todos”, diz secretário. (Foto: Rafael Soveral)

Por Lucas Sarzi 

Aproximadamente 100 profissionais, que atuam no setor privado da saúde, começaram a receber a vacina contra o novo coronavírus nesta terça-feira (2), em Guaratuba. As empresas iniciaram o cadastro para que, aos poucos, possam ter os profissionais, que atuam na linha de frente, vacinados.  

Segundo o secretário de Saúde de Guaratuba, Gabriel Modesto, pelo menos dez empresas já se inscreveram com o objetivo de que seus funcionários sejam imunizados. “São empresas como consultórios médicos, laboratórios e farmácias, que elencaram seus servidores. A ideia é que, aos poucos, consigamos imunizar a todos”.

O secretário contou ao JB Litoral que, neste primeiro momento, serão aproximadamente 100 pessoas. “Não vamos conseguir atender, neste primeiro lote, todos os inscritos, mas, por isso, optamos por elencar por categoria e nível de exposição ao vírus. Com base nesse formulário, temos uma entrevista prévia com as empresas privadas e já começamos a agendar o atendimento a partir de terça-feira”.  

Para ter o controle de quantas pessoas precisam receber a vacina, aquelas que fazem parte do grupo de risco, ou seja, que lidam diretamente no combate ao coronavírus, a prefeitura de Guaratuba pediu que seja feito o cadastro de cada empresa particular de saúde. “A ideia de inscrever as empresas se deu justamente para dimensionarmos quais os profissionais que vão ser atendidos, conforme o número de dados que recebemos. Até agora, conseguimos fazer grande parte do setor público, por isso começamos a destinar vacinas ao setor privado”, explicou Gabriel. 

Em Guaratuba, até sexta-feira (29), 380 pessoas já haviam sido vacinadas contra o novo coronavírus. Na cidade, foi criado o “vacinômetro”, com informações atualizadas, diariamente, sobre o número de vacinados. As informações estão no www.guaratuba.pr.gov.br/coronavirus. “Foi uma forma que encontramos de dar mais transparência ao processo”, destacou o secretário de Saúde. 

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Vacina é esperança! 

Marciele Fiepke Costa, que é sócia e biomédica responsável pelo Laboratório de Análises Clínicas Pisom, situado no Centro de Guaratuba, destacou que 2020 foi terrível demais. “Foi um ano bem difícil, assustador para falar a verdade. Ficamos um pouco assustados, mas como tínhamos poucas informações, fomos atrás de informações para sabermos lidar com a situação da melhor forma possível”.  

A biomédica contou ao JB Litoral que viu seus colaboradores lidarem com o medo de perto. “Como estávamos trabalhando direto no atendimento aos pacientes do pronto-socorro municipal e do hospital de Guaratuba, sabíamos que seria importante a nossa dedicação, porque faríamos parte do monitoramento dos pacientes internados por conta da COVID. Lidamos com o medo diário, saíamos de casa com medo e não tínhamos escolha, precisávamos estar ali. Mas tudo valeu a pena”, descreveu. 

Depois de um ano tão difícil, a vacina é um presente. No caso do laboratório de Marciele, serão, pelo menos, três pessoas vacinadas já nesta terça-feira. Três vão receber já a vacina, mas soubemos que os demais funcionários também devem ser vacinados, assim que mais vacinas estiverem disponíveis. Todo mundo fica feliz, porque depois de tanto medo, podemos sentir uma esperança de que tudo isso passe logo”.  

Cadastro é necessário! 

Conforme a prefeitura de Guaratuba, os estabelecimentos de saúde da rede privada devem fazer o cadastro, por e-mail, junto à Secretaria Municipal da Saúde, para que seus funcionários possam receber a vacina contra a COVID-19. O formulário a ser preenchido pelas empresas está no site da prefeitura. O profissional será convocado, separadamente, em dia e horário marcado, tendo, inclusive que levar documentos os quais comprovem sua função e vínculo empregatício. 

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments