Confira o que foi suspenso, cancelado e adiado no Litoral por causa do coronavírus

por Maisy Pires
16/03/2020 19:19 (Última atualização: 17/03/2020)

Os casos do Covid-19, o novo coronavírus, estão aumentando diariamente no Brasil. Segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde, na tarde desta segunda-feira (16), 234 casos foram confirmados no país.

No Paraná, até a publicação desta reportagem, seis casos foram registrados; cinco em Curitiba e um em Cianorte. No Litoral ainda não há casos confirmados, mas precauções já estão sendo tomadas por órgãos públicos e privados.

Confira o que foi suspenso, cancelado e adiado

REDE MUNICIPAL

O prefeito de Paranaguá, Marcelo Elias Roque (PODEMOS), decretou a suspensão das aulas da rede municipal de ensino por 15 dias. Além disso, eventos esportivos, Feira da Lua, eventos da secretaria do trabalho, como a festividade do dia 1º de maio, a apresentação da Paixão de Cristo, jogos escolares e qualquer acontecimento que tenha a participação de mais de 50 pessoas também foram cancelados.

UNIVERSIDADES

Em Paranaguá, a Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR), o Instituto Superior do Litoral do Paraná (ISULPAR) e o Instituto Federal do Paraná (IFPR) anunciaram a suspensão das aulas. Segundo as notas, a UNESPAR por tempo indeterminado, o ISULPAR até o dia 29 de março e, o IFPR por 15 dias.

REDE ESTADUAL DE ENSINO

Nesta segunda-feira (16), o governador Ratinho Junior (PSD) apresentou as principais medidas adotadas para o enfrentamento da pandemia no Estado. Ele assinou um decreto apresentando os planos para reduzir as possibilidades de contato entre as pessoas para conter a propagação do vírus.

A partir desta sexta-feira (20), as aulas em escolas públicas e particulares, assim como nas universidades estaduais e particulares, ficam suspensas, por tempo indeterminado.

SUSPENSÃO DE EVENTOS

A partir dos próximos dias estão paralisadas, também, as visitas a teatros, cinemas, bibliotecas, museus e outros eventos artísticos e culturais; e hospitais, penitenciárias e centro de socioeducação, por tempo indeterminado. Além disto, há recomendação de suspensão dos eventos públicos ou particulares, de qualquer natureza, com reunião de público acima de 50 pessoas.

O governador determinou, ainda, a suspensão das férias e licenças de servidores da Secretaria da Saúde, da Secretaria da Segurança Pública e Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil, a partir de 23 de março.

SERVIDORES ACIMA DE 60 ANOS TRABALHAM DE CASA

A determinação também obriga o trabalho remoto aos servidores públicos acima de 60 anos, com doenças crônicas, problemas respiratórios, gestantes, lactantes; e aos servidores que apresentarem quaisquer dos sintomas do COVID-19 e regressos de localidades onde o surto tenha sido reconhecido, no prazo de 14 dias. Na impossibilidade técnica de conceder trabalho remoto a esses servidores, os mesmos deverão ser afastados de suas atividades sem prejuízo da remuneração ou subsídio.

INSTITUIÇÕES

Lar dos Idosos Perseverança: O presidente da Sociedade de Assistência aos Necessitados – Lar dos Idosos Perseverança, Therbio Silva, suspendeu as visitas aos idosos durante os próximos 15 dias.

Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Paranaguá (ACIAP): O presidente da ACIAP, Eloir Martins, informou que as reuniões semanais com os diretores foram canceladas por tempo indeterminado e os comércios associados estão recebendo orientações sobre a importância da higienização das lojas e dos comerciantes.

Instituto Peito Aberto: A diretoria do Instituto suspendeu os atendimentos por tempo indeterminado devido as pacientes que estão em tratamento e com a imunidade baixa.