Morre adolescente de 17 anos que se afogou em Praia de Leste

Rapaz é a primeira vítima de afogamento desde o início da Operação Verão.Bombeiros já realizaram 219 salvamentos nas praias do Paraná

por Redação JB Litoral
30/12/2014 09:00 (Última atualização: 30/12/2014)

NULL

O adolescente de 17 anos que se afogou no balneário de Praia de Leste, em Pontal do Paraná, morreu na madrugada desta terça-feira (30), de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde. O rapaz foi encaminhado para o Hospital Regional do Litoral, em Paranaguá, após ser resgatado e reanimado pelos bombeiros. Esta é a primeira morte por afogamento desde 18 de dezembro, quando se iniciou oficialmente a Operação Verão.

O jovem entrou no mar antes do início do expediente dos guarda-vidas na segunda-feira (29), por volta das 7h40. De acordo com o Corpo de Bombeiros, a vítima foi localizada próxima à arrebentação já sem respirar e com o pulso fraco. Depois, a reanimação na beira a praia durou mais uma hora até que o rapaz fosse levado para o hospital de helicóptero.

Primeiras estatísticas

De 18 de dezembro até o início da tarde desta terça-feira, o Corpo de Bombeiros realizou 219 salvamentos. O capitão Fernando Tratch, oficial de comunicação da Operação Verão, afirmou que 203 ocorrências foram apenas resgate, ou seja, o guarda-vidas precisou ajudar o banhista a sair da água. Em 12 situações, a vítima ingeriu uma pequena quantidade de água sendo liberada ainda na praia, e quatro pessoas precisaram ser levadas para o hospital. Entre elas, o jovem que faleceu.

As outras três pessoas são da mesma família. Mãe, pai e filho se banhavam quando se afogaram. O filho foi liberado, já a mãe e o pai estão no hospital. O homem tem 47 anos e o quadro clínico é considerado grave, segundo o capitão Tratch.

Os números deste início de temporada são similares aos registrados em 2013. “Com esta onda de calor, acabou aumentando o número de pessoas na praia. O movimento de banhista está grande e se continuar assim, o número de 2013 vai ser superado antes da virada do ano”, afirmou Tratch.

Orientações

O Corpo de Bombeiros passa algumas orientações aos banhistas para evitar ocorrências de afogamento.

– Se pretende entrar na água, cuidado com os excessos de comida e bebida. Jamais entre logo após refeições.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Evite a prática de saltos e mergulhos em locais onde a água é escura ou com profundidade desconhecida.

-Nas praias, sempre busque informações com os guarda-vidas sobre o local apropriado para banho.

– A água deve atingir, no máximo, a altura do umbigo do banhista.

– Ao socorrer alguém, leve sempre um objeto flutuante e peça ajuda. Nunca tente sozinho, porque a falta de experiência pode fazer de você outra vitima.

– Em embarcações, o uso de colete salva-vidas é obrigatório.

Além destas orientação, o Corpo de Bombeiros pede para que os pais redobrem a atenção em relação as crianças na beira da praia. O capitão Tratch afirmou que crianças têm se perdido com frequência. Em todos os postos de guarda-vidas há pulseiras de identificação – basta solicitar uma e preenchê-la corretamente.

Veja Também

 Bombeiros resgatam jovem que ficou 30 minutos no mar após se afogar

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments