Vendas do setor supermercadista registram alta de 1,46%

As maiores altas foram impulsionadas por cebola, ovo, leite longa vida e tomate. E as maiores quedas foram registradas por batata, xampu, extrato de tomate e leite em pó integral.

por Redação JB Litoral
29/04/2015 06:00 (Última atualização: 03/08/2017)

NULL

 As vendas do setor supermercadista registram crescimento acumulado (de janeiro a março) de 1,46% em 2015, na comparação com o mesmo período do ano anterior, de acordo com o Índice Nacional de Vendas da Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS). Em valores reais – deflacionados pelo IPCA/IBGE –, em março as vendas apresentaram alta de 7,15% em relação a fevereiro, e alta de 0,57% na comparação com o mesmo mês do ano de 2014.

Em valores nominais, as vendas do setor cresceram 8,56% em relação ao mês anterior e, quando comparadas a março do ano passado, apresentam alta de 8,74%. No acumulado do ano, as vendas cresceram 9,22%.

“Apesar de contar com parte das vendas da Páscoa, o crescimento sobre março de 2014 foi baixo e mostra a tendência do setor para este ano, de crescimento de vendas mais moderado. De maneira geral, o resultado acompanha o desempenho da economia neste ano em que se prevê o resultado negativo do PIB e um aumento da taxa de desemprego. Apesar desse cenário, as vendas do setor continuam positivas”, avalia o presidente da ABRAS, Fernando Yamada.

Abrasmercado
Em março, o *Abrasmercado, cesta de 35 produtos de largo consumo, pesquisada pela GfK e analisada pelo Departamento de Economia e Pesquisa da ABRAS, registrou alta de 0,84%, passando de R$ 387,71 em fevereiro para R$ 390,96 em março.

As maiores altas foram impulsionadas por cebola (10,69%), ovo (6,64%), leite longa vida (5,54%) e tomate (4,62%). E as maiores quedas foram registradas por batata (-6,97), xampu (-2,14%), extrato de tomate (-1,07%) e leite em pó integral (-1,02%).

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Regiões

Em março, as cestas de todas as regiões brasileiras apresentaram alta. A da Região Sul foi a que apresentou maior crescimento (1,99%), atingindo o valor de R$ 431,67, seguida pela da Região Norte (1,01%) com o valor de R$ 429,70. 

Abrasmercado (cesta composta por 35 produtos de largo consumo: alimentos, incluindo cerveja e refrigerante, higiene, beleza e limpeza doméstica).

ABRAS
A Associação Brasileira de Supermercados integra todo o setor supermercadista no País, que hoje conta com quase 84 mil lojas em todo o território nacional. O setor, que faturou cerca de R$ 294,9 bilhões em 2014, é dos maiores empregadores do País, gerando 1,75 milhão postos de trabalho diretos, segundo a Relação Anual de Informações Sociais do Ministério do Trabalho e Emprego (RAIS).

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments