Até abril oito vereadores de Antonina receberam 108 diárias para ir até Curitiba

por Redação JB Litoral
27/05/2018 20:45 (Última atualização: 27/05/2018)

JB Litoral protocolou pedido de informação na Câmara Municipal

Considerada a vilã das urnas, para a maioria dos vereadores não reeleitos em 2016, devido às críticas de muitos dos atuais membros da Casa do Executivo e das redes sociais, as ajudas de custo na Câmara Municipal de Antonina continuam sendo realizadas pela atual legislatura que, no ano passado, aumentou seu valor, variando de R$ 340 a R$ 510, por viagem, até Curitiba.

No início desta gestão, o JB Litoral levantou o valor desta ferramenta legal utilizada, de janeiro a maio, pelos 11 vereadores e constatou que, juntos, gastaram R$ 58.750,00 por 236 diárias. Na época, o valor variava de R$ 250,00 por viagem realizada dentro do Estado e R$ 400,00 fora. Curiosamente cinco vereadores pareciam ter feito um pacto em relação ao faturamento, pois lideraram a realização de viagens e ficaram no mesmo patamar de valores, na ordem de R$ 6 mil. O campeão, por sua vez, neste período, foi o Vereador Valmir José Godoi (PSL) o qual faturou R$ 6.500,00 com 26 diárias, seguido por Paulo Roberto Broska (PSDB), José Alves de Souza (DEM), o “Boiadeiro” e o Presidente da Câmara, Celso Pinheiro, que receberam R$ 6.250,00 por 25, todos eles.

No ano passado, os vereadores aprovaram o aumento desta remuneração por viagem e, um novo levantamento, mostrou que a coincidência persiste nos mesmos cinco vereadores que mais viajaram em 2017. A exceção foi a entrada de Vitor Fernandes que ficou na 5ª colocação, deixando Paulo Roberto Broska em 6º nos gastos com a verba.  

O Vereador Valmir Godoi, campeão no início de 2017, ficou em 3º lugar em valores e no 2º em viagens, pois realizou 19. O campeão neste quadrimestre foi Romário da Cruz Silva (PSL), o qual utilizou R$ 6.8 mil em 20 deslocamentos de R$ 340,00 cada.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

O segundo colocado foi o Vereador José Alves de Souza (DEM), o “Boiadeiro”, que despendeu R$ 6.6 mil por 17 locomoções de R$ 340,00 e de R$ 510,00.

Presidente ficou entre os cinco primeiros

Da mesma forma que no ano passado, o Presidente da Câmara, Celso Pinheiro (PSB), ficou entre os cinco primeiros ao utilizar R$ 5.7 mil em 17 diárias de R$ 340,00. A novidade foi Vitor de Souza Fernandes (PTB), na 5ª colocação, usando R$ 5.6 mil por 14 viagens de R$ 340,00 e R$ 510,00. O Vereador Paulo Roberto Broska (PSDB) caiu para a 6º lugar ao consumir R$ 4.7 mil por 14 de R$ 340,00. A Vereadora Rozane Maristela Benedetti Osaki (PTB) gastou apenas R$ 2.040,00 em seis de R$ 340,00 e Sandra Balthazar de Souza (PTB) despendeu apenas uma de R$ 340,00. Os vereadores da oposição, Carlos Bandeira e Paulo Eleutero, ambos do DEM, não realizaram nenhuma viagem, da mesma forma que o Vereador Roberto Fernandes (PSB).

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments